Portal do Governo Brasileiro
2012 - Livro Vermelho 2013

Aechmea gamosepala Wittm. LC

Informações da avaliação de risco de extinção


Data: 13-04-2012

Criterio:

Avaliador: Miguel d'Avila de Moraes

Revisor: Tainan Messina

Analista(s) de Dados: CNCFlora

Analista(s) SIG:

Especialista(s):


Justificativa

Espécie de ampla distribuição. Ocorre em unidades de conservação (SNUC). Assim foi avaliada como "Menos preocupante" (LC).

Taxonomia atual

Atenção: as informações de taxonomia atuais podem ser diferentes das da data da avaliação.

Nome válido: Aechmea gamosepala Wittm.;

Família: Bromeliaceae

Sinônimos:

  • > Aechmea gamosepala var. gamosepala ;
  • > Aechmea gamosepala var. nivea ;
  • > Ortgiesia gamosepala ;
  • > Ortgiesia gamosepala var. nivea ;

Mapa de ocorrência

- Ver metodologia

Informações sobre a espécie


Dados populacionais

No estudo de Gonçalves; Waechter (2002), foram amostrados cinco indivíduos de A. gamosepala sobre três indivíduos de Ficus organensis, ocupando uma cobertura de 0,3%. Foi registrado um indivíduo com cobertura de 0,19% no compartimento inferior da floresta (Negrelle, 2006).

Distribuição

O endemismo da espécie é desconhecida, ocorre nos Estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul (Forzza et al., 2010). Encontrada em áreas particulares de Itaguaré e Guaratuba, São Paulo (Simões, 2008). A espécie é citada como de ocorrência duvidosa em Minas Gerais por Versieux; Wendt (2006), porém a distribuição neste Estado foi confirmada por Lima (2008).

Ecologia

Espécie rupícola (M. Verdi 4228; FURB 23987), epífita (A. Korte 2600; FURB 23892), ou terrestre, 70 cm de altura (P. Campregher 66; FUEL 43972)

Ameaças

1 Habitat Loss/Degradation (human induced)
Detalhes Transformação do habitat natural pela ocupação das planícies costeiras pela população local (pescadores e pequenos agricultores) e por turistas (Berger, 2008). Conversão dos campos nativos do topo do Planalto em áreas agrícolas ou de silvicultura (Duarte; Bencke, 2008).

1.1 Agriculture
Detalhes Áreas amplas da península do Saí - SC são utilizadas para agricultura de subsistência e para pecuária (Berger, 2008).

Ações de conservação

4.4 Protected areas
Situação: on going
Observações: Espécie presente na Estação Ecológica Estadual de Aratinga, RS (Duarte; Bencke, 2008). Ocorre na RPPN Volta Velha, Itapoá, Santa Catarina (Negrelle, 2006).

5.7 Ex situ conservation actions
Situação: on going
Observações: A espécie está em cultivo na propriedade particular Tropic Beauty, Nassau, Bahamas (Baensch; Baensch, 1998).

1.2.1.3 Sub-national level
Situação: on going
Observações: A espécie foi considerada "Presumivelmente Extinta" (PE) Lista vermelha da flora de São Paulo (SMA-SP, 2004) e "Em Perigo" (EN) na Lista Vermelha da flora do Rio Grande do Sul (CONSEMA-RS, 2002).

Usos

Referências

- GONÇALVES, C. N.; WAECHTER, J. L. Epífitos Vasculares sobre Espécimes de Ficus organensis Isolados no Norte da Planície Costeira do Rio Grande do Sul: Padrões de Abundância e Distribuição, Acta Botânica Brasileira, v.16, p.429-441, 2002.

- SIQUEIRA FILHO, J. A.; LEME, E. M. C. Fragmentos da Mata Atlântica do Nordeste - Biodiversidade, Conservação e suas Bromélias. Rio de Janeiro: Andrea Jakobsson Estúdio, 2006. 360 p.

- NEGRELLE, R. R. B. Composição Florística e Estrutura Vertical de um Trecho de Floresta Ombrófila Densa de Planície Quaternária, Hoehnea, v.33, p.261-289, 2006.

- FORZZA, R.C., COSTA, A., SIQUEIRA-FILHO, J.A., MARTINELLI, G. Bromeliaceae in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponivel em: <http://floradobrasil.jbrj.gov.br/2010/FB005761>.

- SIMÕES, L. L. Diagnóstico Socioambiental para Criação de Unidades de Conservação Polígono Bertioga, São Paulo, SP, p.120, 2008.

- VERSIEUX, L. M.; WENDT, T. Checklist of Bromeliaceae of Minas Gerais, Brazil, with Notes on Taxonomy and Endemism. Selbyana, v. 27, n. 2, p. 107-146, 2006.

- BAENSCH, U.; BAENSCH, U. Blooming Bromeliads. Bahamas: Tropic Beauty, 1998. 270 p.

- REITZ, R. Bromeliáceas e a malária - bromélia endêmica. 1983. 808 p.

- THAÍS TRINDADE DE LIMA. Bromeliaceae da Serra da Mantiqueira: Distribuição Geográfica e Conservação. Disseratção de Mestrado. São Paulo, SP: Instituto de Botânica da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, 2008.

- BERGER, V. V. J. Z. Vascular Flora of the Babitonga Bay Region (Santa Catarina, Brazil): Diversity and Origins. Tese de Doutorado. : Universidade Erlangen-Nürnberg, 2008.

- DUARTE, M. M.; BENCKE, G. A. Plano manejo Estação Ecológica Estadual de Aratinga, Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, p.237, 2008.

- CONSELHO ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE, RIO GRANDE DO SUL. Decreto estadual CONSEMA n. 42.099 de 31 de dezembro de 2002. Declara as espécies da flora nativa ameaçadas de extinção no estado do Rio Grande do Sul e da outras providências, Palácio Piratini, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, 31 dez. 2002, 2002.

- SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE, SÃO PAULO. SMA-SP. RESOLUçãO SMA N. 48 DE 2004. Lista oficial das espécies da flora do Estado de São Paulo ameaçadas de extinção, Diário Oficial do Estado de São Paulo, São Paulo, SP, 2004.

Como citar

CNCFlora. Aechmea gamosepala in Lista Vermelha da flora brasileira versão 2012.2 Centro Nacional de Conservação da Flora. Disponível em <http://cncflora.jbrj.gov.br/portal/pt-br/profile/Aechmea gamosepala>. Acesso em .


Última edição por CNCFlora em 13/04/2012 - 18:40:20