Portal do Governo Brasileiro
2012 - Livro Vermelho 2013

Aechmea kertesziae Reitz EN

Informações da avaliação de risco de extinção


Data: 12-04-2012

Criterio: B2ab(iii)

Avaliador: Miguel d'Avila de Moraes

Revisor: Tainan Messina

Analista(s) de Dados: CNCFlora

Analista(s) SIG:

Especialista(s):


Justificativa

Aechmea kertesziae é endêmica do Brasil e ocorre na Mata Atlântica da Região Sul do Brasil. Apresenta distribuição restrita (AOO=48 km²), em costões rochosos como rupícola, e em vegetação de Restinga Arbustiva como epífita. As regiões litorâneas da Mata Atlântica sofrem constantemente com declínio contínuo da qualidade de habitat devido à ocupação humana e aos efeitos da expansão dos centros urbanos, que causam perda e fragmentação de habitat. As ocorrências litorâneas e interioranas foram consideradas como duas situações de ameaça distintas. Assim, A. kertesziae foi avaliada como "Em Perigo" (EN).

Taxonomia atual

Atenção: as informações de taxonomia atuais podem ser diferentes das da data da avaliação.

Nome válido: Aechmea kertesziae Reitz;

Família: Bromeliaceae

Sinônimos:

  • > Ortgiesia kertesziae ;
  • > Ortgiesia kertesziae var. viridiaurata ;

Mapa de ocorrência

- Ver metodologia

Informações sobre a espécie


Dados populacionais

​A espécie foi considerada extremamente endêmica das áreas de mangue da Baía da Babitonga - SC (Berger, 2008).

Distribuição

Ocorre na Mata Atlântica da região Sul do Brasil (Forzza et al., 2010).

Ecologia

Erva perene, rupícola ou epífita, que habita ambiente de mangue, restinga e costões rochosos no sul do Brasil. Fértil de março a novembro.

Ações de conservação

1.2.1.3 Sub-national level
Situação: on going
Observações: A espécie foi considerada "rara" na Lista vermelha da flora de Santa Catarina (Klein, 1990).

1.2.1.3 Sub-national level
Situação: on going
Observações: A espécie foi considerada "Em Perigo" (EN) na Lista vermelha da flora do Rio Grande do Sul (CONSEMA-RS, 2002).

Usos

Referências

- VORGELEGT VON JOTHAM ZIFFER BERGER. Vascular Flora of the Babitonga Bay Region (Santa Catarina, Brazil): Diversity and Origins. doutorado. : Universidade Erlangen-Nürnberg, 2008.

- FORZZA, R.C., COSTA, A., SIQUEIRA-FILHO, J.A., MARTINELLI, G. Bromeliaceae in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponivel em: <http://floradobrasil.jbrj.gov.br/2010/FB005823>.

- REITZ, R. Bromeliáceas e a malária - bromélia endêmica, Flora Ilustrada Catarinense, Itajaí - SC, p.808, 1983.

- KLEIN, R. M. Espécies raras ou ameaçadas de extinção do estado de Santa Catarina. IBGE, Diretoria de Geociências, 1990. 287 p.

- CONSELHO ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE, RIO GRANDE DO SUL. Decreto estadual CONSEMA n. 42.099 de 31 de dezembro de 2002. Declara as espécies da flora nativa ameaçadas de extinção no estado do Rio Grande do Sul e da outras providências, Palácio Piratini, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, 31 dez. 2002, 2002.

Como citar

CNCFlora. Aechmea kertesziae in Lista Vermelha da flora brasileira versão 2012.2 Centro Nacional de Conservação da Flora. Disponível em <http://cncflora.jbrj.gov.br/portal/pt-br/profile/Aechmea kertesziae>. Acesso em .


Última edição por CNCFlora em 12/04/2012 - 13:14:13