Portal do Governo Brasileiro
2012 - Livro Vermelho 2013

Alcantarea roberto-kautskyi Leme NT

Informações da avaliação de risco de extinção


Data: 04-04-2012

Criterio:

Avaliador: Miguel d'Avila de Moraes

Revisor: Tainan Messina

Analista(s) de Dados: CNCFlora

Analista(s) SIG:

Especialista(s):


Justificativa

Alcantarea roberto-kautskyi é endêmica do Brasil e sua distribuição está restrita (EOO= 537,66 km²) ao Estado do Espírito Santo. Apesar disso, a espécie possui grandes subpopulações com milhares de indivíduos e está bem representada na porção noroeste do Estado. A indícios de que a espécie também ocorre no nordeste de Minas Gerais. A.roberto-kautskyi ocorre em afloramentos rochosos, em áreas de difícil acesso, e não existem ameaças descritas especificamente para a espécie. Estima-se que sua distribuição seja bem maior do que a conhecida. Assim, a espécie foi classificada como "Quase ameaçada" (NT). Se foram identificadas ameaças específicas incidentes a espécie entrará na categoria "Em Perigo" (EN), e por tanto uma avaliação criteriosa no campo é necessária.

Taxonomia atual

Atenção: as informações de taxonomia atuais podem ser diferentes das da data da avaliação.

Nome válido: Alcantarea roberto-kautskyi Leme;

Família: Bromeliaceae

Mapa de ocorrência

- Ver metodologia

Informações sobre a espécie


Notas Taxonômicas

Descrita em 1999 por Leme, foi considerada uma espécie bem delimitada e facilmente reconhecida (Versieux 2009). No entanto, Versieux (com. pess.) indica que a descrição recente de duas espécies próximas de A. roberto-kautskyi criou uma classificação questionável, necessitando dessa forma mais estudos sobre estes táxons.

Dados populacionais

A espécie é a primeira linhagem a se divergir dentro do gênero (Versieux, 2009). Apresenta subpopulações muito grandes, com grande quantidade de indivíduos, e com ocorrência em áreas de difícil acesso (Versieux, 2009).

Distribuição

Espécie com distribuição conhecida inicialmente restrita, esta bem representada em toda a porção noroeste do Espírito Santo e também no nordeste de Minas Gerais. Encontra-se entre 300 e 900 metros de altitude (Versieux, 2009).

Ecologia

Espécie herbácea, rupícola, caulescente, monocárpica, atingindo entre 1,6 e 3 metros de altura (Versieux, 2009). Ocorre na Mata Atlântica (Forzza, R.C. et al., 2010) em Afloramentos Rochosos (Martinelli et al., 2009). Versieux (2009) afirma que a espécie cresce como heliófila sobre paredões verticais.

Ações de conservação

1.2.1.2 National level
Situação: on going
Observações: Versieux (2009) considera a espécie como "Menos preocupante" (LC) de acordo com os critérios da IUCN, devido a sua ampla distribuição e ocorrência em áreas de difícil acesso, com subpopulações muito grandes, com milhares de indivíduos.

Usos

Referências

- FORZZA, R. C.; COSTA, A.; SIQUEIRA FILHO, J. A. ET AL. Alcantarea in in Lista de Espécies da Flora do Brasil, Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponivel em: <http://floradobrasil.jbrj.gov.br/2010/FB005888>. Acesso em: 15 de Março de 2011.

- MARTINELLI, G.; VIEIRA, C. M.; LEITMAN, P. ET ALSTEHMANN, J. R.; FORZZA, R. C.; SALINO, A. ET AL. Bromeliaceae. 2009. 186 p.

- VERSIEUX, L.M. Sistemática, filogenia e morfologia de Alcantarea (Bromeliaceae). Tese de Doutorado. São Paulo: Universidade de São Paulo, 2009.

- IUCN. IUCN Red List Categories and Criteria: Version 3.1, v.ii, p.30 pp, 2001.

Como citar

CNCFlora. Alcantarea roberto-kautskyi in Lista Vermelha da flora brasileira versão 2012.2 Centro Nacional de Conservação da Flora. Disponível em <http://cncflora.jbrj.gov.br/portal/pt-br/profile/Alcantarea roberto-kautskyi>. Acesso em .


Última edição por CNCFlora em 04/04/2012 - 19:37:41