Portal do Governo Brasileiro
2012 - Livro Vermelho 2013

Aspilia diniz-cruzeanae J.U.Santos CR

Informações da avaliação de risco de extinção


Data: 25-04-2012

Criterio: B1ab(i,iii,iv,v)+2ab(ii,iii,iv,v)

Avaliador: Tainan Messina

Revisor: Miguel d'Avila de Moraes

Analista(s) de Dados: CNCFlora

Analista(s) SIG:

Especialista(s):


Justificativa

A espécie é endêmica da Serra do Caraça, no Estado de Minas Gerais. Apresenta distribuição restrita (EOO=56,57 Km²; e AOO=12 Km²). A região do Caraça, apesar de ser uma RPPN, sofre com as queimadas e o turismo intenso. A pequena distribuição da espécie em apenas uma localidade a torna criticamente suscetível à extinção pela eliminação dos indivíduos maduros.

Taxonomia atual

Atenção: as informações de taxonomia atuais podem ser diferentes das da data da avaliação.

Nome válido: Aspilia diniz-cruzeanae J.U.Santos;

Família: Asteraceae

Mapa de ocorrência

- Ver metodologia

Informações sobre a espécie


Notas Taxonômicas

A espécie apresenta folhas alternas, característica incomum no gênero, e face adaxial tomentosa (Santos, 2001).

Distribuição

Endêmica de MG, na Serra do Caraça (Santos, 2001, Nakajima et al., 2010).

Ecologia

Planta arbustiva de ambiente savânico ou rupestre, polinizada por insetos, com floração e frutificação em novembro.

Ameaças

1.1.4 Livestock
Incidência local
Severidade low
Detalhes No entorno da RPPN Serra do Caraça, foram observadas atividades impactantes de agropecuária e esgoto pelas comunidades locais e de mineração por indústrias (Plastino et al., 2010).

1.3.1 Mining
Incidência local
Severidade low
Detalhes No entorno do Parque Natural do Caraça foi verificado o grande impacto causado pelo processo de mineração, ao remover inteiramente a cobertura vegetal e depositar no local pilhas de estéril (Mourão; Stehmann, 2007).

Ações de conservação

1.2.1.3 Sub-national level
Situação: on going
Observações: Citada como "Criticamente em perigo" (CR) na Lista Vermelha da flora ameaçada de Minas Gerais (COPAM-MG, 1997).

4.4 Protected areas
Situação: on going
Observações: Ocorre na RPPN Parque Natural do Caraça, Catas Altas, MG (Santos, 2001; CNCFlora, 2011).

Referências

- NAKAJIMA, J., LOEUILLE, B., HEIDEN, G., DEMATTEIS, M., HATTORI, E.K.O., MAGENTA, M., RITTER, M.R., M. Asteraceae in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponivel em: <http://floradobrasil.jbrj.gov.br/2010/FB000055>.

- SANTOS, J.U.M. O gênero Aspilia Thou. (Asteraceae-Heliantheae) no Brasil. : , 2001.

- PLASTINO, M.R.; PEREIRA, D.C.; MAIA, M.G.M.; LOPES, D.A. Ecoturismo, cultura e comunidades: reflexões sobre o entorno da RPPN Santuário do Caraça (MG). Revista Brasileira de Ecoturismo, v. 3, n. 3, p. 382-407, 2010.

- MOURÃO, A.; STEHMANN, J. R. Levantamento da Flora do Campo Rupestre sobre Canga Hematítica Couraçada Remanescente na Mina do Brucutu, Barão de Cocais, Minas Gerais, Brasil. Rodriguésia, v. 58, n. 4, p. 775-786, 2007.

- CONSELHO ESTADUAL DE POLÍTICA AMBIENTAL, MINAS GERAIS. Deliberação COPAM n. 85, de 21 de outubro de 1997. Aprova a lista das espécies ameaçadas de extinção da flora do Estado de Minas Gerais, Diário Oficial do Estado de Minas Gerais, Diário do Executivo, Belo Horizonte, MG, 30 out. 1997, 1997.

- Base de Dados do Centro Nacional de Conservação da Flora (CNCFlora). Disponivel em: <http://cncflora.jbrj.gov.br/portal/>. Acesso em: 2011.

Como citar

CNCFlora. Aspilia diniz-cruzeanae in Lista Vermelha da flora brasileira versão 2012.2 Centro Nacional de Conservação da Flora. Disponível em <http://cncflora.jbrj.gov.br/portal/pt-br/profile/Aspilia diniz-cruzeanae>. Acesso em .


Última edição por CNCFlora em 25/04/2012 - 20:19:50