Portal do Governo Brasileiro
2012 - Livro Vermelho 2013

Dorstenia brasiliensis Lam. LC

Informações da avaliação de risco de extinção


Data: 12-03-2012

Criterio:

Avaliador: Massimo Giuseppe Bovini

Revisor: Tainan Messina

Analista(s) de Dados: CNCFlora

Analista(s) SIG:

Especialista(s):


Justificativa

D. brasiliensis apresenta amplo EOO além de não ser endêmica do Brasil. Espécie fora de perigo.

Taxonomia atual

Atenção: as informações de taxonomia atuais podem ser diferentes das da data da avaliação.

Nome válido: Dorstenia brasiliensis Lam.;

Família: Moraceae

Sinônimos:

  • > Dorstenia amazonica ;

Mapa de ocorrência

- Ver metodologia

Informações sobre a espécie


Notas Taxonômicas

​Nome popular: carapiá (Botrel et al., 2006). Descrição da espécie em Berg (2001).

Distribuição

Espécie não endêmica do Brasil, encontrada também na Argentina, Uruguai, Bolívia, peru, Colômbia, Venezuela, Trinidad, Guiana e Guiana Francesa (Berg, 2001). Em nosso país é encontrada nas regiões Norte (Roraima, Amapá, Pará, Amazonas), Nordeste (Maranhão, Piauí, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Bahia),Centro-Oeste (Mato Grosso, Goiás, Distrito Federal), Sudeste (Minas Gerais, São Paulo) e Sul (Paraná, Rio Grande do Sul) (Romaniuc Neto et al., 2011). Ocorre também nos estados: Mato Grosso do Sul, Acre, Tocantins, Alagoas e Rio de Janeiro (CNCFlora, 2012). Encontrada até 1500 m de altitude (Berg, 2001).

Ecologia

Espécie herbácea (Berg, 2001) encontrada na Amazônia, Caatinga, Cerrado e Mata Atlântica (Romaniuc Neto et al., 2011), em locais relativamente úmidos, geralmente rochosos e ao longo de rios e riachos (Berg, 2001). Floresce em maio e setembro na Serra do Cipó (Martins; Pirani, 2010).

Ações de conservação

1.2.1.3 Sub-national level
Situação: on going
Observações: Vulnerável (VU). Lista vermelha da flora do Rio Grande do Sul (CONSEMA-RS,2002).

1.2.1.3 Sub-national level
Situação: on going
Observações: Em perigo (EN). Lista vermelha da flora do Paraná (SEMA/GTZ-PR,1995).

Usos

Referências

- MARTINS, E. G. A.; PIRANI, J. R. Flora da Serra do Cipó, Minas Gerais: Moraceae. Boletim de Botânica da Universidade de São Paulo, v. 28, n. 1, p. 69-86, 2010.

- RODRIGUES, V. E. G.; CARVALHO, D. A. Levantamento Etnobotânico de Plantas Medicinais no Domínio do Cerrado na Região do Alto Rio Grande - Minas Gerais. Ciência e Agrotecnologia, v. 25, n. 1, p. 102-123, 2001.

- BERG, C. C. Moreae, Artocarpeae, and Dorstenia (Moraceae), with Introductions to the Family and Ficus and with Additions and Corrections to Flora Neotropica Monograph 7. Flora Neotropica, v. 83, p. 1-346, 2001.

- CARAUTA, J. P. P. Dorstenia L. (Moraceae) do Brasil e Países Limítrofes. Rodriguésia, v. 44, p. 53-233, 1978.

- BOTREL, R. T.; RODRIGUES, L. A.; GOMES, L. J.; ET AL. Uso da Vegetação Nativa pela População Local no Município de Ingaí, MG, Brasil. Acta Botânica Brasilica, v. 20, n. 1, p. 143-156, 2006.

- MARTINS, E. G. A. O Clado Urticóide (Rosales) na Flora da Serra do Cipó, Minas Gerais. Mestrado. São Paulo, SP: Universidade de Botânica, 2009.

- ROMANIUC NETO, S.; CARAUTA, J. P. P.; VIANNA FILHO, M. D. M.; PEREIRA, R. A. S.; RIBEIRO, J. E. L. D. Moraceae in Lista de Espécies da Flora do Brasil, Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponivel em: <http://floradobrasil.jbrj.gov.br/2012/FB000167>. Acesso em: 24/04/2012.

- CONSELHO ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE, RIO GRANDE DO SUL. Decreto estadual CONSEMA n. 42.099 de 31 de dezembro de 2002. Declara as espécies da flora nativa ameaçadas de extinção no estado do Rio Grande do Sul e da outras providências, Palácio Piratini, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, 31 dez. 2002, 2002.

- SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE/DEUTSCHE GESSELLSCHAFT TECHNISCHE ZUSAMMENARBEIT (SEMA/GTZ). Lista Vermelha de Plantas Ameaçadas de Extinção no Estado do Paraná, Curitiba, PR, p.139, 1995.

Como citar

CNCFlora. Dorstenia brasiliensis in Lista Vermelha da flora brasileira versão 2012.2 Centro Nacional de Conservação da Flora. Disponível em <http://cncflora.jbrj.gov.br/portal/pt-br/profile/Dorstenia brasiliensis>. Acesso em .


Última edição por CNCFlora em 12/03/2012 - 13:00:40