Portal do Governo Brasileiro
2012 - Livro Vermelho 2013

Dyckia ibicuiensis Strehl CR

Informações da avaliação de risco de extinção


Data: 06-02-2012

Criterio: B2ab(iii)

Avaliador: Miguel d'Avila de Moraes

Revisor: Tainan Messina

Analista(s) de Dados: CNCFlora

Analista(s) SIG:

Especialista(s):


Justificativa

Dyckia ibicuiensis é endêmica do Brasil e ocorre exclusivamente no Estado do Rio Grande do Sul, no município de Santa Maria. Este perdeu mais de 94% da cobertura vegetal original nos últimos anos e sofre com a degradação ambiental e fragmentação da paisagem, que causam o declínio contínuo da qualidade de hábitat. A espécie ocupa uma AOO de 4 km². A única localidade de ocorrência foi considerada uma situação de ameaça. Assim, D. ibicuiensis foi avaliada como "Criticamente em perigo" (CR). Entretanto, são necessários mais estudos sobre a estrutura populacional e suas características ecológicas para garantir o planejamento de ações efetivas de conservação.

Taxonomia atual

Atenção: as informações de taxonomia atuais podem ser diferentes das da data da avaliação.

Nome válido: Dyckia ibicuiensis Strehl;

Família: Bromeliaceae

Mapa de ocorrência

- Ver metodologia

Informações sobre a espécie


Distribuição

A espécie ocorre no Pampa, exclusivamente no Estado do Rio Grande do Sul (Forzza et al., 2011)

Ecologia

A espécie habita encostas esolaradas de morros, em terrenos pedregosos entre gramíneas (Biodiversitas, 2005).

Ações de conservação

1.2.1.3 Sub-national level
Situação: on going
Observações: A espécie foi considerada "Criticamente em perigo" (CR) na Lista vermelha da flora do Rio Grande do Sul (CONSEMA-RS, 2002).

1.2.1.2 National level
Situação: on going
Observações: A espécie foi considerada "Deficiente de Dados" (DD) na Lista vermelha da flora do Brasil (MMA, 2008), anexo 2.

Referências

- FORZZA, R. C.; COSTA, A. SIQUEIRA FILHO, J. A. ET AL. Dyckia in Lista de Espécies da Flora do Brasil, Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponivel em: <http://floradobrasil.jbrj.gov.br/2011/FB006046>. Acesso em: 01 de Fevereiro de 2011.

- MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE. Instrução Normativa n. 6, de 23 de setembro de 2008. Espécies da flora brasileira ameaçadas de extinção e com deficiência de dados, Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 24 set. 2008. Seção 1, p.75-83, 2008.

- CONSELHO ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE, RIO GRANDE DO SUL. Decreto estadual CONSEMA n. 42.099 de 31 de dezembro de 2002. Declara as espécies da flora nativa ameaçadas de extinção no estado do Rio Grande do Sul e da outras providências, Palácio Piratini, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, 31 dez. 2002, 2002.

- FUNDAÇÃO BIODIVERSITAS. Revisão da lista da flora brasileira ameaçada de extinção. Belo Horizonte, MG: FUNDAÇÃO BIODIVERSITAS PARA A CONSERVAÇÃO DA NATUREZA, 2005.

Como citar

CNCFlora. Dyckia ibicuiensis in Lista Vermelha da flora brasileira versão 2012.2 Centro Nacional de Conservação da Flora. Disponível em <http://cncflora.jbrj.gov.br/portal/pt-br/profile/Dyckia ibicuiensis>. Acesso em .


Última edição por CNCFlora em 06/02/2012 - 17:41:32