Portal do Governo Brasileiro
2012 - Livro Vermelho 2013

Noticastrum psammophilum (Klatt) Cuatrec. EN

Informações da avaliação de risco de extinção


Data: 21-03-2012

Criterio: B1ab(iii)+2ab(iii)

Avaliador: Miguel d'Avila de Moraes

Revisor: Miguel d'Avila de Moraes

Analista(s) de Dados: CNCFlora

Analista(s) SIG:

Especialista(s):


Justificativa

A espécie ocorre nos Estados deSanta Catarina e, possivelmente, no Rio Grande do Sul, com EOO de 769,88 km² e AOO de 16 km², sendo encontrada em menosde cinco locais em situação de ameaça. Erva perene, reptante, cresce em vegetação costeira sobre dunas,onde enfrenta intensa pressão da ocupação humana. Não há registro deocorrência em unidade de conservação (SNUC).

Taxonomia atual

Atenção: as informações de taxonomia atuais podem ser diferentes das da data da avaliação.

Nome válido: Noticastrum psammophilum (Klatt) Cuatrec.;

Família: Asteraceae

Mapa de ocorrência

- Ver metodologia

Informações sobre a espécie


Distribuição

Ocorre no Rio Grande do Sul e Santa Catarina (Teles et al., 2010).

Ecologia

Erva perene, que habita áreas de dunas e restingas do sul do Brasil. Fértil de agosto a fevereiro, polinizado por insetos e dispersado pelo vento (Borges, com. pess.).

Ameaças

1.4 Infrastructure development
Incidência national
Severidade very high
Detalhes Por estar localizada ao longo da costa brasileira, a vegetação sobre a restinga está sob intensa pressão da ocupação humana e consequente alteração da paisagem original, o que dificulta a sua conservação. Os ecossistemas de restinga vêm sendo degradados desde a colonização e encontram-se reduzidos a pequenas manchas remanescentes. Devido a seu solo arenoso e solto, as restingas são altamente vulneráveis ao impacto antrópico. Uma grande porcentagem já foi destruída pela mineração, pelo desenvolvimento imobiliário e pela agricultura. A vegetação da restinga é geralmente mais densa e baixa, faz dela uma fonte de madeira e lenha muito apreciada para residências ou pequenas indústrias (Galindo-Leal; Câmara, 2003).

Ações de conservação

1.2.1.2 National level
Situação: on going
Observações: Considerada "Deficiente de dados" (DD). Lista de Espécies da Flora Ameaçadas de Extinção do Brasil (MMA, 2008).

Referências

- TELES, A.M., BORGES, R.A.X., HEIDEN, G. Noticastrum in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Disponivel em: <http://floradobrasil.jbrj.gov.br/2010/index?mode=1&group=Flora.Angiospermas&family=&genus=Noticastrum&species=&author=&common=&occurs=1&region=&state=&phyto=&endemic=-1&nativa=-1&last_level=25>.

- GALINDO-LEAL, C; CÂMARA, I.G. Mata Atlântica: biodiversidade, ameaças e perspectivas. São Paulo, SP; Belo Horizonte, MG: Fundação SOS Mata Atlântica; Conservação Internacional, 2005. 472 p.

- CASTELLANI, T.T. Estrutura e dinâmica populacional de Ipomoea pes-caprae (L.) R. Brown (Convolvulaceae) na Ilha de Santa Catarina. Tese de doutorado. : Unicamp, 2003.

- MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE. Instrução Normativa n. 6, de 23 de setembro de 2008. Espécies da flora brasileira ameaçadas de extinção e com deficiência de dados, Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 24 set. 2008. Seção 1, p.75-83, 2008.

Como citar

CNCFlora. Noticastrum psammophilum in Lista Vermelha da flora brasileira versão 2012.2 Centro Nacional de Conservação da Flora. Disponível em <http://cncflora.jbrj.gov.br/portal/pt-br/profile/Noticastrum psammophilum>. Acesso em .


Última edição por CNCFlora em 21/03/2012 - 16:47:20